Bem vindo!

Bem vindo!Esta página está sendo criada para retransmitir as muitas informações que ao longo de anos de pesquisas coletei nesta Mesorregião Campo da Vertentes, do centro-sul mineiro, sobretudo na Microrregião de São João del-Rei, minha terra natal, um polo cultural. A cultura popular será o guia deste blog, que não tem finalidades político-partidárias nem lucrativas. Eventualmente temas da história, ecologia e ferrovias serão abordados. Espero que seu conteúdo possa ser útil como documentário das tradições a quantos queiram beber desta fonte e sirva de homenagem e reconhecimento aos nossos mestres do saber, que com grande esforço conservam seus grupos folclóricos, parte significativa de nosso patrimônio imaterial. No rodapé da página inseri link's muito importantes cuja leitura recomendo como essencial: a SALVAGUARDA DO FOLCLORE (da Unesco) e a CARTA DO FOLCLORE BRASILEIRO (da Comissão Nacional de Folclore). Este dois documentos são relevantes orientadores da folclorística. O material de textos, fotos e áudio-visuais que compõe este blog pertencem ao meu acervo, salvo indicação contrária. Ao utilizá-lo para pesquisas, favor respeitar as fontes autorais.


ULISSES PASSARELLI




segunda-feira, 29 de julho de 2013

O Correio do Caburu

Durante muitos anos foi criada a imagem para divulgação da história de São João del-Rei, que contemplou quase que em sua totalidade a zona urbana, sobretudo o Centro Histórico, salvo algumas meritórias exceções. O motivo é bastante lógico e particularmente, nada contra. Porém nesse processo os distritos ficaram por assim dizer esquecidos, detentores eles também de rica cultura. 

Assim, teimosamente, este blog vai pincelando esta história esquecida, assim mesmo, em doses homeopáticas. Ora vemos além de belas fotos de época de São Gonçalo do Amarante, disponibilizadas pela bondade do sr. João Bosco Alves, um recorte jornalístico da inauguração de um posto do correio (*), símbolo de progresso para o pequeno lugar. 


 Transcrição"São Gonçalo do Brumado. Domingo ultimo, realizou-se a installação da agencia do correio de S.Gonçalo do Brumado, melhoramento conseguido a esforços do nosso director (**). O sr.Hildebrando Bolivar de Magalhães, funccionario do correio desta cidade, incumbido de instalar a agencia foi recebido na linha da Oeste, por varios cavalleiros. Dirigindo-se ao prospero arraial, alli deu entrada ao troar de foguetes, dando desempenho á sua missão, sendo a agencia installada á presença de muitas pessoas, que subsescreveram o respectivo termo, vendo-se entre ellas, os srs. coronel Carlos Augusto Alves de Oliveira e Alfredo da Silva Caldas, prestigiosos politicos do logar. Ao fechar-se a primeira malla para Bello - Horizonte, ouviram-se vivas a Arthur Bernardes, Raul Soares e Basilio de Magalhães. No mesmo dia, empossaram-se o agente nomeado, sr. João Batista Alves de Oliveira e o estafeta, sr. Bertolino José dos Santos, ambos nossos correligionarios."
Fonte: jornal A Tribuna, nº467, 08/04/1923, São João del-Rei / MG. 


A linha férrea da Oeste de Minas, aqui citada, passava pouco abaixo de São Gonçalo, beira-rio, onde, se inaugurou sete anos depois a estação de Mestre Ventura (***). O ano de 1923 foi também o da mudança de nome, quando São Gonçalo do Brumado passou a ser chamado Caburu, nome que persistiu até 1990, quando passou para o atual São Gonçalo do Amarante. Essas mudanças de nome... para quê servem? Oprimem a história, sufocam a origem, esquecem os antepassados. 


As fotografias acima são anteriores a 1946, ano da fundação do cemitério local na posição atual, na entrada da vila em vez da frente da igreja. A disposição do casario ao redor do largo, comum, plano e gramado, está hoje com o visual já comprometido pela inserção de muitas outras construções com estilo diverso do padrão arquitetônico tipicamente rural e ainda mais, porque uma infeliz intervenção trouxe o asfalto para as vias quando outras opções de pavimentação poderiam ter sido pensadas.


Notas e Créditos


* Este posto deve ter sido fechado anos mais tarde, em data ainda não descoberta, pois que a lei municipal de nº1.073, datada de 02/05/1969, "autoriza a celebração de convênio entre a Diretoria Regional dos Correios e telégrafos de Juiz de Fora e a Prefeitura Municipal de São João del-Rei para a criação do Posto de Correio nos distritos de Emboabas e Caburu.". Fonte da informação: A Comunidade, n.10, 22/05/1969, p.4. Jornal editado em São João del-Rei. 

** O diretor do jornal A Tribuna era Basílio de Magalhães, grande intelectual e personalidade política da época. 

*** Sobre a inauguração desta estação ver o jornal: A Tribuna, n.1.012, 16/02/1930, acervo da Biblioteca Municipal Baptista Caetano d'Almeida. A fonte informa que o ato se deu no dia 12 daquele mês e ano.

**** Texto e foto-montagem: Ulisses Passarelli.

***** Fotos antigas: cedidas gentilmente por João Bosco Alves, a quem este blog expressa gratidão. 

2 comentários:

  1. Ola sou Neto do Alfredo da Silva Caldas. Muito emocionando ver esse arquivo onde é mencionado meu avô. O vovo teve 14 filhos e eu sou o caçula do caçula!!! Eu levo tambem o nome dele! Joao Alfredo França Caldas (Alfredo Caldas).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua visita motiva alegria e esforço de prosseguir as pesquisas e postagens. É preciso lutar pela memória, oprimida diariamente por uma onda de novidades vazias. Seja bem vindo ao blog e volte a visitar.

      Excluir