Bem vindo!

Bem vindo!Esta página está sendo criada para retransmitir as muitas informações que ao longo de anos de pesquisas coletei nesta Mesorregião Campo da Vertentes, do centro-sul mineiro, sobretudo na Microrregião de São João del-Rei, minha terra natal, um polo cultural. A cultura popular será o guia deste blog, que não tem finalidades político-partidárias nem lucrativas. Eventualmente temas da história, ecologia e ferrovias serão abordados. Espero que seu conteúdo possa ser útil como documentário das tradições a quantos queiram beber desta fonte e sirva de homenagem e reconhecimento aos nossos mestres do saber, que com grande esforço conservam seus grupos folclóricos, parte significativa de nosso patrimônio imaterial. No rodapé da página inseri link's muito importantes cuja leitura recomendo como essencial: a SALVAGUARDA DO FOLCLORE (da Unesco) e a CARTA DO FOLCLORE BRASILEIRO (da Comissão Nacional de Folclore). Este dois documentos são relevantes orientadores da folclorística. O material de textos, fotos e áudio-visuais que compõe este blog pertencem ao meu acervo, salvo indicação contrária. Ao utilizá-lo para pesquisas, favor respeitar as fontes autorais.


ULISSES PASSARELLI




sábado, 8 de outubro de 2016

Festa de Nossa Senhora Aparecida em César de Pina

Está em andamento na Capela de Nossa Senhora Aparecida, em César de Pina, distrito de Tiradentes/MG, sua festa anual, no transcurso da novena. Como já aconteceu em outras oportunidades, ora incrementada, ocorrerá um encontro de grupos de folias de Reis hoje à noite. A programação constante em cartaz o revela. No detalhe, em recorte que fizemos do trecho específico do programa, inserimos a seta para destacar o detalhe das folias. 

Consta que houve uma capela inicial em 1975, na qual iniciaram-se as comemorações, próximo à antiga estação. A atual capela veio mais tarde no local atual, em terreno ofertado na década seguinte. 

A prática de folia de Reis em César de Pina é muito tradicional e querida. Marcou época a folia organizada por Raimundo Ferreira da Assunção e Pedro Paulo com a participação de vários folieiros da comunidade. O calango também foi querido no local, a típica cantoria desafiadora (*).

O Blog Tradições Populares das Vertentes parabeniza a iniciativa e faz votos que transcorra com êxito e se repita nos anos subsequentes. 

1- Cartaz contendo programa da Festa de Nossa Senhora Aparecida,
César de Pina (Tiradentes/MG), 2016.
Papel Couché, 29,5 x 41,7cm. 

2- Recorte do mesmo cartaz com inserção de seta
na qual destacamos o encontro de Folias de Reis. 

O topônimo homenageia o superintendente ferroviário Augusto Cezar de Pinna, que no começo do século XX supervisionava as atividades da EFOM (Estrada de Ferro Oeste de Minas). Na localidade ainda há um remanescente do período, lamentavelmente em precaríssimo estado de conservação, o que sobrou da estação do trem, Ramal das Águas Santas. O prédio aguarda reforma urgente e um uso adequado que garanta preservação e utilidade para a comunidade. O ramal foi  criado em 1910 e durou até 1966. A estação em questão foi estabelecida a 856 metros de altitude, no Km 104,945 em 12/10/1923, inicialmente com o nome de Chacrinha, a cerca de 8,6 km de seu ponto de partida, em Chagas Dória, Matosinhos, São João del-Rei, e a apenas cerca 3,3 km do ponto final, em Águas Santas. 

3- Estação Ferroviária de César de Pina, 18/05/2014.
4- Casarão eclético avistado a partir da Estrada das Águas Santas,
em César de Pina, nas imediações da estação. 18/05/2014. A chegada da

estrada de ferro influenciou a arquitetura regional com novas tecnologias 
e estilos construtivos. 

5- Casarão eclético avistado a partir da Estrada das Águas Santas,
em César de Pina, nas imediações da estação, dado como moradia do agente ferroviário. 18/05/2014. 

A comunidade local, entrecortada pela Rodovia Federal BR-383, tem forte tradição no cultivo de hortaliças, aproveitando os terrenos férteis do vale do Rio Carandaí e suas imediações. A pequena proximidade a São João del-Rei a faz mais interligada a esta cidade que propriamente à sua sede municipal, Tiradentes. De César de Pina se acessa por pitoresca estrada o Balneário de Águas Santas e a Serra de São José, local para apreciação da natureza. Da estrada se vislumbra por ambos os lados propriedades rurais e com seus jardins, hortas e pomares, alguns ainda conservando velhas sedes dignas de preservação arquitetônica. 


6- Folia de César de Pina com a bandeira de São Sebastião
se apresentando no Centro de São João del-Rei em 1995.
7- Folia de César de Pina com a bandeira do Espírito Santo durante o
Jubileu do Divino em Matosinhos, São João del-Rei, 22.05.1999. Foto: João Hipólito. 

Notas e Créditos

* Veja por exemplo neste blog o registro de uma das versões do "Calango do Jogo do Bicho", em:
CALANGO-TANGO: parte 2
** Texto: Ulisses Passarelli  
*** Fotografias: 1-6, Ulisses Passarelli; 7- João Hipólito

Referências Bibliográficas

CRUZ, Luiz Antônio; BOAVENTURA, Maria José (org.); GOMES, Márcia Heliane; CRUZ, Suelen Lopes da (pesq.). Memória e Tradições Populares. Tiradentes: Instituto Histórico e Geográfico de Tiradentes, 2016. 112 p.il. p.82.

PRONTUÁRIO GERAL DAS ESTAÇÕES FERROVIÁRIAS, 1945. 2.ed. Belo Horizonte: Departamento de Estatística, 1947.

Referências na Web

Estações Ferroviárias do Brasil. César de Pina (http://www.estacoesferroviarias.com.br/rmv_efom/cesar.htm) - acesso em 10/10/2016

2 comentários:

  1. Bravo. Muito importante este registro. Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  2. Bravo. Muito importante este registro. Parabéns!!!

    ResponderExcluir